Autor Tópico: Emissor da HiperFM (104.6)  (Lida 2405 vezes)

MPFM

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 33
    • Ver Perfil
Re: Emissor da HiperFM (104.6)
« Responder #15 em: Setembro 25, 2021, 01:12:45 am »
E com espias em fibra?...
Fascina-me a injecção de dois (ou mais) sinais no mesmo sistema radiante. Em sistemas de alta potência as salas parecem cenários de qualquer coisa menos de um emissor de rádio, que será, por vezes, o componente mais pequeno da instalação.
« Última modificação: Setembro 25, 2021, 01:19:06 am por MPFM »

Luis Carvalho

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 768
    • Ver Perfil
Re: Emissor da HiperFM (104.6)
« Responder #16 em: Setembro 25, 2021, 08:42:18 am »
Uma casa do emissor possui por norma, geradores para arrefecer o emissor, processadores para descodificar/converter o áudio que é recebido do estúdio, toda parte elétrica do emissor.. Depois disso, o sinal vai para o excitador que envia para os elementos radiantes. É no excitador que definem a potência atribuída, a frequência, os ganhos e perdas do sinal.

É a ERC que define a frequência, a potência irradiada de uma rádio, a altura da torre e aceita o local onde vai ficar o emissor.

Permitam-me a correcção: É a ANACOM que define os parâmetros técnicos das rádios. Quem regula em Portugal a área técnica da rádio e a gestão do espectro é a ANACOM; a ERC trata dos conteúdos emitidos pelas rádios, os alvarás e outras questões não relacionadas com a tecnologia.
Cumprimentos,
Luís Carvalho

Administrador do "Fórum da Rádio"

Luis Carvalho

  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 768
    • Ver Perfil
Re: Emissor da HiperFM (104.6)
« Responder #17 em: Setembro 25, 2021, 08:55:36 am »

Casa do Emissor:



Das mais bonitas que já vi por aqui e com sistema de segurança. ;)

Citar
Parece uma vivenda, talvez uma adaptação de alguma casa existente no local? De facto bem engraçada, comm um jardim à frente e ainda dava para por para alojamento local...  ;D ;D ;D

Fora de brincadeira, para que serve a casa de apoio? Deve lá ir alguém 1 vez a cada 10 anos, não? Chamou-me atenção a Prossegur. Para evitar intrusos, pressumo. É que não esotu a ver ninguem a sair com uma torre debaixo do braço! No da micro, parece aqueles barracões da EDP pequeninos.

Finalmente, desculpem a ignorância que parte técnica percebo 0...olhando para a torre, como distinguir a olho nu se transmite 1, 2, 10 rádios? Os refletores (que orientam o sinal) pressumo que sejam aquelas peças no topo na horizontal, correto?


Até fiquei surpreendido com a casa do emissor, por norma é algo meio "atabalhoado" quase um anexo, não estava nada á espera. Podem roubar o material que lá está dentro da casa, precaver antes que algo do género possa acontecer. Está ali uma pequena fortuna dentro...





Nesta foto:

Tens uma espécie de um "palito" com 4 Elementos Radiantes, ao seja, é daqueles elementos que as ondas/sinal das Rádios (Hiper FM / Mega Hits) saem para a antena de um carro ou rádio (físico ou telemóvel). 
Daqueles 4 Elementos, tudo indica, que 2 irradiam Hiper FM com potência (1kw) e outros 2 irradiam Mega Hits (1kw), mas podia ser apenas 1 Elemento para a Hiper FM e três para a Mega Hits ou vice - versa. Tudo depende depois da logística...

Depois tens 2 "Recetores" logo abaixo,  deduzimos que chega ali dois sinais (imagina um prédio com 2 parabólicas de uma operadora), pode ser por satélite ou um link (STL). É nesses recetores, que é rececionado/chega o sinal que é enviado dos estúdios até ao emissor, para isso existe depois,nas Rádios Locais, um recetor semelhante onde é os estúdios da rádio para enviar o sinal. É como se fossem dois sinais walkitoky numa frequência. 

Ainda a meio da antena existe outro recetor, pode ser para enviar o sinal à Micro-Cobertura ou até receber sinal de Lisboa (Mega).

Mais fácil que tudo isto, basta ires á casa do emissor que tens lá referido (placa) que rádios é que a torre está a emitir.  ;D ;)

Espero ter ajudado a compreender como é que se processa isto, é fascinante e divertido acredita.

2. O número de elementos radiantes depende da PAR permitida pela ERC? Ou apenas quantos mais elementos radiantes, melhor será a captação pelos recetores, correto? Por isso é que fará diferença apanhar o sinal a uma altura, subindo o receptor 10cm para cima ou para baixo se apanha melhor, ou até outra estação? Aqui falam volta e meia nos refletores no caso das locais para não emitirem fora do concelho. O que são? Nesta torre não existem, certo?


A P.A.R. (Potência Aparente Radiada) é a soma da potência do emissor propriamente dito com o ganho do sistema radiante (antenas). Dependendo da configuração das antenas, para a mesma P.A.R. é possível ter-se mais antenas de menor ganho ou menos antenas se cada uma oferecer um ganho menor.

No caso das rádios referidas, pode acontecer, em teoria, que a Hiper FM utilize 2 dos elementos radiantes e a Mega os outros 2, ou a Hiper utilizar 3 e a Mega 1, ou a Mega 3 e a Hiper 1, ou, o mais provável, que as duas frequências utilizem os 4 elementos. É perfeitamente possível que cada elemento emita mais do que uma frequência - situação corriqueira, que acontece, por exemplo, na RTP, em que a maioria dos centros emissores irradia a Antena 1, a Antena 2 e a Antena 3 - três frequências (e em Lisboa, São Miguel- Olhão e Monte da Virgem, quatro frequências com a RDP África) a partir da mesma torre.
Cumprimentos,
Luís Carvalho

Administrador do "Fórum da Rádio"

pdf

  • #MdR
  • Administrator
  • Hero Member
  • *****
  • Mensagens: 1163
    • Ver Perfil
Re: Emissor da HiperFM (104.6)
« Responder #18 em: Setembro 25, 2021, 01:14:54 pm »
Fascina-me a injecção de dois (ou mais) sinais no mesmo sistema radiante. Em sistemas de alta potência as salas parecem cenários de qualquer coisa menos de um emissor de rádio, que será, por vezes, o componente mais pequeno da instalação.

Certo, já vi de vários tipos. Se numa casota com duas rádios locais a coisa é aparentemente simples, num emissor com 3 rádios de grande potência a coisa muda de figura.

jcset

  • Jr. Member
  • **
  • Mensagens: 37
    • Ver Perfil
Re: Emissor da HiperFM (104.6)
« Responder #19 em: Outubro 01, 2021, 08:44:32 pm »

Casa do Emissor:



Das mais bonitas que já vi por aqui e com sistema de segurança. ;)

Citar
Parece uma vivenda, talvez uma adaptação de alguma casa existente no local? De facto bem engraçada, comm um jardim à frente e ainda dava para por para alojamento local...  ;D ;D ;D

Fora de brincadeira, para que serve a casa de apoio? Deve lá ir alguém 1 vez a cada 10 anos, não? Chamou-me atenção a Prossegur. Para evitar intrusos, pressumo. É que não esotu a ver ninguem a sair com uma torre debaixo do braço! No da micro, parece aqueles barracões da EDP pequeninos.

Finalmente, desculpem a ignorância que parte técnica percebo 0...olhando para a torre, como distinguir a olho nu se transmite 1, 2, 10 rádios? Os refletores (que orientam o sinal) pressumo que sejam aquelas peças no topo na horizontal, correto?


Até fiquei surpreendido com a casa do emissor, por norma é algo meio "atabalhoado" quase um anexo, não estava nada á espera. Podem roubar o material que lá está dentro da casa, precaver antes que algo do género possa acontecer. Está ali uma pequena fortuna dentro...





Nesta foto:

Tens uma espécie de um "palito" com 4 Elementos Radiantes, ao seja, é daqueles elementos que as ondas/sinal das Rádios (Hiper FM / Mega Hits) saem para a antena de um carro ou rádio (físico ou telemóvel). 
Daqueles 4 Elementos, tudo indica, que 2 irradiam Hiper FM com potência (1kw) e outros 2 irradiam Mega Hits (1kw), mas podia ser apenas 1 Elemento para a Hiper FM e três para a Mega Hits ou vice - versa. Tudo depende depois da logística...

Depois tens 2 "Recetores" logo abaixo,  deduzimos que chega ali dois sinais (imagina um prédio com 2 parabólicas de uma operadora), pode ser por satélite ou um link (STL). É nesses recetores, que é rececionado/chega o sinal que é enviado dos estúdios até ao emissor, para isso existe depois,nas Rádios Locais, um recetor semelhante onde é os estúdios da rádio para enviar o sinal. É como se fossem dois sinais walkitoky numa frequência. 

Ainda a meio da antena existe outro recetor, pode ser para enviar o sinal à Micro-Cobertura ou até receber sinal de Lisboa (Mega).

Mais fácil que tudo isto, basta ires á casa do emissor que tens lá referido (placa) que rádios é que a torre está a emitir.  ;D ;)

Espero ter ajudado a compreender como é que se processa isto, é fascinante e divertido acredita.

2. O número de elementos radiantes depende da PAR permitida pela ERC? Ou apenas quantos mais elementos radiantes, melhor será a captação pelos recetores, correto? Por isso é que fará diferença apanhar o sinal a uma altura, subindo o receptor 10cm para cima ou para baixo se apanha melhor, ou até outra estação? Aqui falam volta e meia nos refletores no caso das locais para não emitirem fora do concelho. O que são? Nesta torre não existem, certo?


A P.A.R. (Potência Aparente Radiada) é a soma da potência do emissor propriamente dito com o ganho do sistema radiante (antenas). Dependendo da configuração das antenas, para a mesma P.A.R. é possível ter-se mais antenas de menor ganho ou menos antenas se cada uma oferecer um ganho menor.

No caso das rádios referidas, pode acontecer, em teoria, que a Hiper FM utilize 2 dos elementos radiantes e a Mega os outros 2, ou a Hiper utilizar 3 e a Mega 1, ou a Mega 3 e a Hiper 1, ou, o mais provável, que as duas frequências utilizem os 4 elementos. É perfeitamente possível que cada elemento emita mais do que uma frequência - situação corriqueira, que acontece, por exemplo, na RTP, em que a maioria dos centros emissores irradia a Antena 1, a Antena 2 e a Antena 3 - três frequências (e em Lisboa, São Miguel- Olhão e Monte da Virgem, quatro frequências com a RDP África) a partir da mesma torre.

Vou repetir parte do que disse anteriormente:
Aqueles 4 elementos radiantes (antenas) da marca "Sira" instalados num tubo avançado à torre, funcionam como agregado ou seja, são alimentadas apenas por 1 baixada de 7/8" e as 4 antenas radiam as 2 frequências.    Não é exequível a teoria de 2 antenas para uma frequência e duas para outra e muito menos 3 antenas para uma frequência e uma para outra. A serem utilizadas antenas separadas para as 2 frequências, por serem de banda larga os elementos radiantes teriam que estar afastados consideravelmente além da instalação megalómana no interior da cabine com filtros específicos e muito caros para evitar intermodulações.    A RTP (Antena 1, Antena2 e Antena3) + (África em alguns locais)  funcionam todas no mesmo agregado (conjunto) de antenas em todos os centros emissores repetindo-se na Renascença/RFM, Comercial/Cidade, etc... quando emitem do mesmo local.